Projetos

Projetos em execução

- “Programa de Monitoramento da Qualidade de Combustíveis (PMQC)” – o IBTR é responsável, em parceria com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis(ANP), pelo levantamento de dados da qualidade dos principais combustíveis líquidos comercializados no estado da Bahia.

- Análise e caracterização de gás natural – projeto executado em parceria com a Bahiagás - Companhia de Gás da Bahia.

- Estabelecimento de estratégias, processos de gestão e ferramentas de controle para eficiência e equilíbrio do sistema da Iluminação Pública - projeto executado em parceria com o município de Igrapiúna/BA.


Projetos concluídos

- Elaboração, implantação e gerenciamento de projeto de Gestão de Energia Elétrica no SAAE de Catu. Projeto executado em parceria com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Catu (SAAE).

- Análise dos resultados de pesquisa sobre o levantamento do grau de satisfação x prioridade de empresários da Indústria do Estado da Bahia. Projeto executado em parceria com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB).

- Consultoria para análise de viabilidade de investimentos em minimização de passivo ambiental. Projeto executado em parceria com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA).
 
- “Rede Norte Nordeste de Catálise – Fase 3”. Esse projeto é realizado através do Convênio  – FINEP, IBTR e PETROBRÁS no âmbito da Rede de Pesquisa em Catálise do Norte Nordeste MCT/CTPETRO/FINEP/CNPq. Os concedentes são a FINEP e o CNPq, a Petrobras é a interveniente co-financiadora e o IBTR é convenente e executor. O projeto conta, ainda, com a co- execução das seguintes instituições: UFPB, UEPB, UFPE, UFS, UFAL, UFRN, UEFS, UFBA, ITP e UFCG. É composto pelos subprojetos: Dessulfurização adsortiva de gasolina e gás natural; Síntese de silicoalumininofosfatos; Tratamento de efluentes petroquímicos via fotocatálise; Geração fotocatalítica de hidrogênio; Hidrodesaromatização do diesel na presença de contaminantes sulfurados. 

- “Rede Norte Nordeste de Catálise – Fase 5”. Esse projeto é realizado através do Convênio FINEP e PETROBRAS além de contar com a participação das seguintes instituições: IBTR, UFCG, UFAL, UFPE, UFRN, UFC, IFBA e UFBA. É composto pelos subprojetos: Obtenção de xilenos por processos híbridos adsorção/reação; Gestão da Rede de Catálise Fase 5; Desoxigenação catalítica de óleos vegetais para produção de combustíveis; Banco de catalisadores da RECAT para refino e petroquímica e, Novos materiais catalíticos para a produção de hidrogênio. 

- “Teste de Biodiesel B20 em veículos Ford Transit e Ford Ranger” que é realizado através do Termo de Cooperação – PETROBRAS. Fazem parte do projeto pesquisadores do IBTR, Petrobras, Ford, sistemistas entre outros. 

- “Estudos de materiais com potencial para utilização na composição de catalisadores de FCC” que é realizado através do Termo de Cooperação PETROBRAS. 

- "Simulador para Estudo do Desempenho de Estratégias de Automação e Controle de Plataformas Offshore de Produção de Petróleo e Gás do Pré-Sal" desenvolvido pelo IBTR em parceria com a Automind e a Universidade Federal da Bahia - UFBA. O objetivo do projeto é melhorar a eficácia e a segurança operacional das unidades a serem instaladas na região. O projeto está sendo tocado por três equipes: de automação, de desenvolvimento e de processo, responsáveis, respectivamente, pela programação e configuração dos simuladores de equipamento e parametrização dos simuladores de processo; desenvolvimento do módulo gerenciador e das interfaces com os simuladores de processo e de equipamentos; e parametrização dos simuladores de processo.

- “Determinação da pressão mínima de miscibilidade (PMM) de gases em amostras de óleos utilizando um Rising Bubble Apparatus”. 

- “Avaliação do impacto da crise de 2008 sobre a participação do setor privado em infraestrutura no Brasil e atualização do banco de dados: participação do setor privado em infraestrutura no Brasil” que foi realizado através do Contrato de Prestação de Serviço com o Banco Mundial (The World Bank Group). 

- “Interação Bahia Cuba na área de bicombustíveis” que foi realizado através de Convênio com a Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB. Marcadamente, ocorreu uma palestra intitulada “Novas tecnologias para produção de etanol de segunda geração a partir de resíduos celulósicos, em particular o bagaço de cana” para um público de 80 alunos e pesquisadores e com a presença do Diretor de Inovação da FAPESB, Dr. Elias Ramos. A palestra foi apresentada pelo pesquisador Prof. Dr. Erenio González Suárez da Universidad Central de Las Villas, Cuba. Um novo projeto foi proposto visando estudar a produção etanol a partir de bagaço de cana em unidade de bancada com a participação do IBTR, UNIFACS, UFBA e UNEB. O Projeto “Evaluación de alternativas de Hidrólisis Enzimática a escala de banco de las Tecnologías de laboratorio desarrolladas para etanol de residuos lignocelulósicos de bagazo”. A presença da indústria nas reuniões resultou em uma proposta que está sendo discutida para a implantação pela Braskem/IBTR com o apoio da FAPESB de uma biorefinaria piloto na Bahia. A biorefinaria contemplará etanol de segunda geração e biodiesel de resíduo. 

 
IBTR :: INSTITUTO BRASILEIRO DE TECNOLOGIA E REGULAÇÃO :: | by TNB ©2010